P-40B (1/72)

ACAD12456

Novo produto

Este kit da Academy, à escala de 1/72, serve para construir o caça Curtiss P-40B Tomahawk IIA com decalques para uma versão da Força Aérea da República da China - 3 Sqn. AVG Flying Tigers P-8102 "68" (piloto Charles Older) | Kuming 1942. O kit incluí uma figura de piloto.


Mais detalhes

1 Item

Disponível para envio imediato.

Ao comprar este produto pode ganhar até 5 pontos de fidelização. Seu carrinho totalizará 5 pontos de fidelização que podem ser convertidos num vale de desconto de 0,05 €.


5,49 € Sem IVA

0.39 kg
Entrega: 1 a 5 dias úteis

Adicionar à Lista de desejos

Ficha informativa

MarcaAcademy
Referência12456
TipoKit em plástico
Escala1:72
MotivoAvião de caça
Peças plástico47
Tamanhon/d
DecalquesRepublic of China Air Force - 3 Sqn. AVG Flying Tigers P-8102 "68" (pilot Charles Older) | Kuming 1942
Periodo histórico1939 - 1958
AtençãoNão incluí tintas nem cola (venda em separado).
ConteúdoKit em plástico | Decalques | Instruções
Ano1987

Mais informação

O Curtiss P-40 Warhawk foi um avião monomotor norte-americano, monolugar de asa baixa. Construído completamente em metal como avião de ataque ao solo, voou pela primeira vez em 1938, e foi usado em grande número durante a Segunda Guerra Mundial.

O P-40 resultou de um desenvolvimento da célula do caça P-36 Hawk de modo a se poder alcançar uma produção em massa de aviões sem uma perda significativa de tempo gasto em desenvolvimento.

Quando a produção terminou, em Novembro de 1944, 13 738 P-40s tinham sido produzidos; eles foram usados pelas forças aéreas de 28 países até 1948.

Warhawk foi o nome que o United States Army Air Corps (USAAC) adotou para todos os modelos, fazendo com que todos os P-40 nos EUA tivessem esse nome. As forças aéreas do Império Britânico deram-lhe o nome de Tomahawks aos modelos equivalentes aos P-40B e P-40C, e Kittyhawk aos modelos equivalentes ao P-40E e versões posteriores.

A falta de compressor de dois estágios fez com que o P-40 obtivesse prestações bastante inferiores aos caças da Luftwaffe nos combates a altas altitudes. Por este motivo o P-40 foi pouco usado no teatro de operações do noroeste da Europa. No entanto, entre 1941 e 1944, o P-40 teve um papel crucial com as forças aéreas aliadas em cinco grandes teatros da guerra: China, Mediterrâneo, Sudeste da Ásia, Sudoeste do Pacífico e na Europa Oriental.

O P-40 teve o seu baptismo de fogo com os esquadrões na Força Aérea do Deserto do Império Britânico, em agosto de 1942. A fraca performance a grandes altitudes do P-40 não era crítica no Norte da África e Médio-Oriente, onde a sua capacidade de transporte de bombas, blindagem e grande raio de acção o tornavam muito valioso. O 112º Esquadrão da R.A.F. foi o primeiro a pilotar Tomahawks no Norte da África. Este esquadrão copiou as famosas bocas de tubarão, utilizadas pelos caças-bombardeiros Messerschmitt Me 110 Zerstörer, da Luftwaffe, e a marca foi posteriormente adotada pelos P-40 pertencentes à esquadrilha Tigres voadores na China.


Este kit da Academy, à escala de 1/72, serve para construir o caça Curtiss P-40B Tomahawk IIA com decalques para uma versão da Força Aérea da República da China - 3 Sqn. AVG Flying Tigers P-8102 "68" (piloto Charles Older) | Kuming 1942. O kit incluí uma figura de piloto.

Avaliações

Sem avaliações neste momento.

Escrever uma avaliação

P-40B (1/72)

P-40B (1/72)

Este kit da Academy, à escala de 1/72, serve para construir o caça Curtiss P-40B Tomahawk IIA com decalques para uma versão da Força Aérea da República da China - 3 Sqn. AVG Flying Tigers P-8102 "68" (piloto Charles Older) | Kuming 1942. O kit incluí uma figura de piloto.


30 outros produtos na mesma categoria: